Introdução

Faaala pessoal, nem era a ideia escrever um post hoje não, mas o tempinho aqui em Petrópolis está meio chuvoso e friozinho. Coloquei para tocar Donovan Woods que é um cantor canadense que toca um Folk bem calminho, e pensei, por que não escrever um post?

CSS Variables

O post de hoje eu vou utilizar uma feature bem maneira que é a CSS Variables, basicamente é a possibilidade de utilizar variáveis dentro do CSS de forma nativa! Isso não é demais? =D

E sempre quando se fala de algo novo, vem a primeira pergunta ahhh, mas isso não deve pegar em lugar nenhum!. Só que é aí que você se engana. O suporte é até bem legal como você pode ver aqui no Can I use, basicamente Firefox, Chrome, Android Browser e até o Safari! Não funciona no IE, mas quem se importa? =p

A outra pergunta comum é: Mas por que usar isso? Já tenho no meu pre-processador., bom isso é uma verdade, o pre-processador ajuda pacas e possui várias coisas legais para brincar, inclusive variáveis. Mas essas variáveis ficam somente naquele momento, depois você gera o CSS final e essas variáveis somem. Aqui não é o caso, a variável está disponível no Browser para você poder criar várias brincadeiras, como a que vamos fazer, por exemplo.

Básico do CSS Variables

Bom, vamos logo para a parte prática que é mais interessante. Digamos que eu tenha um site e eu quero que o header tenha cores diferentes se estiver na home ou em páginas normais. Seguindo o seguinte html:

<!-- Página Home  -->
<html>
    <body class="home">
    <header class="header"></header>
        ...
    <body>
</html>

<!-- Página Contact  -->
<html>
    <body class="page page-contact">
    <header class="header"></header>
        ...
    <body>
</html>

Tendo em vista o seguinte markup, podemos criar um css assim:

:root {
  --header-home-bg-color: blue;
  --header-pages-bg-color: white;
}

.home .header {
  background-color: var(--header-home-bg-color);
}

.page .header {
  background-color: var(--header-pages-bg-color);
}

Bastante intuitivo né? Mas vamos as explicações de como funciona. Para você definir uma variável no CSS, basta utilizar esses dois traços no início da variável, --variavel-linda e para utilizar o valor dela, é só chamar dentro do var(--variavel-linda). Sim gente, é só isso. Precisa de mais nada! E outra coisa bastante legal, o var pode receber dois parâmetros, um que é sua variável e o outro que é um fallback caso o valor da sua variável seja inválido. Por exemplo:

:root {
  --font-stack: "Open Sans";
}
body {
  font-family: var(--font-stack, "Arial");
}

Caso o valor de --font-stack não fosse achado ou válido, ele iria utilizar o valor Arial.

Integrando com Javascript e criando nosso Reading

Claro que precisamos integrar isso com JS né? E é também simples demais. Basta utilizar o método setProperty do style no elemento que você desejar.

Primeiro vamos criar nosso html bem bobo, que vai ser um grande texto num container. E o item principal, nossa div progress, que vai ser responsável por fazer a barrinha de progresso no topo.

<div class="progress"></div>

<div class="container">
  <!-- texto  -->
</div>

Depois vamos criar nosso CSS para o progress.

.progress {
  background: linear-gradient(to right, #3863a0 var(--scroll), transparent 0);
  background-repeat: no-repeat;
  position: fixed;
  width: 100%;
  height: 8px;
  z-index: 2;
}

Reparem que eu estou utilizando uma variável ali que é var(--scroll) e também reparem que eu não criei ela no CSS, pois eu vou criar no meu JS.

Para fazer o cálculo do scroll e identificar o progresso, vamos utilizar algums métodos do JS, que são:

Tendo esses métodos em mente, fica fácil criar a seguinte função:

const progress = document.querySelector('.progress');
const body = document.body;
const page = document.documentElement;
let scroll;

document.addEventListener('scroll', function() {
  scroll = body.scrollTop / (body.scrollHeight - page.clientHeight) * 100;
  progress.style.setProperty('--scroll', scroll + '%');
});

Primeiro eu verifico a altura do topo da página até o topo do meu elemento (body.scrollTop) e então divido pelo tamanho total do meu elemento menos a altura do browser, isso multiplicado por 100, para poder obter a porcentagem do quanto eu já desci na tela.

Tendo esse valor fica fácil, basta definir esse valor dentro de progress, para isso eu uso o método setProperty, que vai definir o valor da variável --scroll e assim vai aumentar e diminuir o background do meu elemento, fazendo o efeito de progresso na leitura.

Abaixo você pode ver esse exemplo rodando:

See the Pen Scroll Progress with CSS Variables by Willian Justen de Vasconcellos (@willianjusten) on CodePen.

Conclusão

Bom galera, espero que tenham gostado do post, é bem simplão, mas é bem maneiro. E mostra como as CSS Variables podem se tornar ótimas ferramentas no futuro. Eu aconselho a assistirem essa talk da Lea Verou que foi basicamente de onde eu extraí tudo para fazer esse post. Ela é incrível nessa talk, vale muito a pena =)