Tirinha da Mafalda: Garoto fala: As pessoas esperam que o ano que está começando seja melhor que o anterior. Mafalda responde: Aposto que o ano que está começando espera que as pessoas é que sejam melhores

Você já se pegou deixando uma tarefa para depois só porque estava cansado ou com preguiça de fazer naquele momento? Já ficou se punindo por não ter feito algo que deveria fazer? Ou então sentou para estudar e até a parede parecia mais interessante? Se você respondeu não para todas as perguntas, some daqui seu ET, brincadeiras a parte, é comum do ser humano achar certas tarefas tediantes/desagradáveis e por isso perdemos nosso foco e deixamos de fazer nossas tarefas e isso se chama Procrastinação.

Procrastinação: é o ato de adiar tarefas, realizando outras, menos importantes ou mais prazerosas, deixando as mais importantes para depois.

Este que vos escreve tem um enorme problema de concentração e uma vontade absurda de procrastinar. Eu trabalho em outra cidade, então faço uma viagem um pouco desgastante, acabo chegando em casa cansado e tudo que eu quero é descansar e foi assim que eu demorei mais de 1 ano e meio falando que iria fazer um site/blog e não fiz. Na antiga empresa em que trabalhei, conheci um cara, que para mim é um dos programadores mais fodas que conheço, mas que se esconde, que é o Guilherme Louro e esses dias ele postou sobre uma das técnicas que vou falar abaixo e bom, apesar de conhecer, eu resolvi dar uma chance e eis que criei meu blog!!

Introdução

No intuito de auxiliar as pessoas a melhorarem e controlarem esse estado de vontade de procrastinar, alguns pesquisadores desenvolveram certos métodos de estudo e eu irei falar um pouco sobre alguns deles. A ideia é te dar o caminho das pedras aqui, você escolher um método que mais combina com você e partir para cima. A meta é: Deixe de procrastinar!

Técnica do Pomodoro

A Técnica do Pomodoro foi criada nos anos 90 por um desenvolvedor chamado Francesco Cirillo. Ele deu esse nome graças aos timers em formato de tomate que ele usou enquanto estudava na universidade. Essa é uma das metodologias mais simples e o conceito está em separar grandes tarefas em pequenas porções de tempo, os chamados “Pomodoros” e a cada pomodoro fazer uma breve pausa, para que o cérebro recupere um pouco das energias, relaxe e permita voltar a se concentrar melhor novamente. Isto permite melhorar a concentração e o foco com o tempo. Essa é considerada a técnica favorita dos programadores. Se eu não me engano o Ney Simões utiliza este método, se você utilizar esse método também, fala nos comentários, é sempre bom compartilhar experiências =)

Como funciona?

  1. Escolha uma tarefa para ser completada
  2. Inicie o Pomodoro (o tempo padrão é de 25 minutos)
  3. Trabalhe somente nesta tarefa até que o tempo acabe
  4. Descanse por um pequeno período de tempo (o tempo padrão é de 5 minutos)
  5. Retorne ao Pomodoro
  6. A cada 4 Pomodoros uma pausa maior deve ser feita (em geral são de 15-30 minutos)

Getting Things Done (GTD)

O GTD é uma invenção do David Allen, dono do site gettingthingsdone.com. Esse método foi feito com o intuito de organizar o caos que a nossa cabeça faz as vezes. Ele tem como objetivo encorajar o usuário a criar metas no seu dia-a-dia e realizá-las. Essas metas podem ser desde arrumar o seu quarto até terminar uma feature importante de um sistema.

Como funciona?

  1. Etapa de Coleta: use um caderno de anotações, um quadro de tarefas, qualquer coisa, simplesmente anote todas as tarefas que você precisa executar.
  2. Etapa de Processamento: verifique as tarefas, veja quais são possíveis, quais não são e as elimine.
  3. Etapa de Organização: organize as listas de tarefas e crie categorias para cada tipo de ação.
  4. Etapa de Reflexão: Sempre revise constantemente as suas tarefas, limpe e atualize as listas, veja tarefas que para executar depois.
  5. Etapa de Execução: simplesmente faça suas tarefas, utilize o sistema da melhor maneira possível.

Seinfeld Secret Method (Don’t Break the Chain)

Esse é um método simples de implementar e tem como objetivo marcar as coisas que são importantes para nós e permitindo assim, alcançar nossos objetivos. O conceito é simples, gaste um pouco do seu tempo fazendo uma tarefa, ao final do dia, marque um X no calendário. Se você deixar de fazer algum dia, você não pode marcar o X e com isso “quebra a corrente”.

Como funciona?

  1. Marque seus objetivos, não comece com mais que 3, você pode aumentar depois para 4, caso tenha certeza que irá conseguir.
  2. Defina tarefas mínimas para cada objetivo, por exemplo, “correr 1km”.
  3. Defina suas regras e limites
  4. Imprima um calendário e vá marcando o X a cada dia que fizer uma tarefa.

Seu próprio método

As vezes você não quer seguir a risca nenhum desses métodos, mas quer parar de procrastinar, quer começar a aprender, a se concentrar melhor, então não desiste não cara, cria o seu método e parte para cima dele, existem várias histórias muito legais de pessoas que resolveram fazer isso, uma das que mais gosto é do John Resig criador do JQuery e um dos fundadores da Khan Academy.

Conclusão

Se existe coisa pior que a procrastinação, eu não conheço. Hoje de manhã estava conversando com o Fernando Daciuk exatamente sobre procrastinação, é uma parada muito complicada, todo mundo já viveu ou vive um tempo em que fazer qualquer coisas fora do horário de expediente já é cansativo e desanimador. Espero que com esse texto você se anime mais, busque conhecimento, compartilhe o que aprendeu e se dedique mais. Quem fala aqui é um ex-químico que se apaixonou tanto pela área que desistiu de tudo só para começar a aprender a mexer com web. Boa sorte galera! E se você tem uma história legal, compartilha aí com a gente!!