Introdução

Faaaala pessoal, esse é um dos posts mais pedidos dos últimos tempos. Várias pessoas quando descobriram que eu estava morando na Irlanda quiseram saber mil coisas e eu recebi vários emails sobre isso, para não deixar só em emails, resolvi escrever aqui.

Eu irei separar em algumas partes, esse aqui será o post maior, onde irei falar mais sobre o processo e mais alguns detalhes sobre a Irlanda. Farei outros posts especificamente sobre Mercado de Trabalho e outros detalhes. O post é grande, então pega lá um cafézinho =)

A trilha sonora do dia é de uma banda de rock instrumental de Madrid, que achei fantástica e tenho ouvido nos últimos dias, a banda se chama Toundra e vale a pena ouvir o trabalho dos caras.

Vou separar esse post em algumas partes, pois acho que ficará mais simples de se localizar também.

Índice

Estudar Inglês

Como todo já sabe, inglês é a coisa mais importante para um programador e isso vem antes de qualquer linguagem de programação. É claro que você pode ser um programador incrível e não saber uma gota de inglês, porém você terá muito mais dificuldades de conseguir isso.

Através do inglês podemos consumir conteúdos únicos e bastante atualizados, seja de onde for, já que inglês é a língua universal. Sem contar que o inglês abre muitas portas para trabalhos no exterior e permite que você seja visto de onde quer que seja.

Sabendo disso, fica aquela pergunta então. Como estudar? E uma das formas que mais facilita é ir morar num país nativo da língua inglesa, mas que fique bem claro, só morar fora não te dará fluência! Morar fora vai te ajudar a ter um convívio mais direto com a língua e consequentemente você acabará treinando mais a língua.

Tendo esse desejo de estudar em mente e condições de tentar morar fora um tempo, vem outra pergunta, onde?

Onde?

Existem alguns países no mundo que falam o inglês como língua nativa e cada um tem seus prós e contras, vamos a eles:

Reino Unido

Bom, talvez um dos primeiros lugares quando se vem em mente é o lugar onde a língua nasceu certo?

Vantagens

O Reino Unido possui tradição no ensino de sua língua e o inglês britânico é famoso por ser um dos mais limpos do mundo. A Inglaterra/Escócia fica na Europa e consequentemente perto de tudo, com isso você pode viajar bastante e conhecer muita coisa durante seus estudos. Por ser um berço de história e grandes universidades, é um ótimo lugar para ir se você deseja ficar mais tempo e quem sabe tentar uma pós graduação por lá.

Desvantagens

É um dos lugares mais caros para se estudar que existe. Como a moeda deles é a Libra Esterlina (que graças abaixou bastante), tudo passa a ser bastante caro. Pouquíssimas escolas dão permissão para o estudante trabalhar e com isso, acaba se tornando ainda mais caro de ficar por lá.

Estados Unidos

Talvez muitos tenham pensado nesse país primeiro até que o Reino Unido. É o país mais rico do mundo e que possui milhares de coisas para se fazer e milhares de estados para se visitar.

Vantagens

Devido a grande influência americana, praticamente tudo que você assiste/ouve/lê vem dos EUA e com isso, várias expressões vem do inglês americano, estando nos EUA, você vai conseguir aprender essas expressões mais facilmente.

Desvantagens

Lá é o país mais burocrático que tem para conseguir um visto para estudar. Você precisa de muitos documentos para apresentar e isso acaba sendo bem chato. Além disso, as taxas para aplicar ao visto são um pouquinho mais caras que em outros lugares. E na maioria dos casos, você também não poderá trabalhar, o que pode se tornar bem difícil se você não tiver alguma renda.

Canadá

Ah esse país maravilhoso! O Canadá é um EUA que deu certo para mim, com uma cultura bem legal, pessoas bem educadas e lugares maravilhosos, é um ótimo lugar para se estudar né. Mas temos aí alguns detalhes também.

Vantagens

O custo é um pouco menor que os EUA, o inglês deles é bastante e costuma ser um pouco mais neutro que o inglês americano, possuindo menos gírias. Possuem algumas das melhores escolas do mundo.

Desvantagens

Dependendo de qual cidade fique, a distância entre outras cidades pode ser bastante longa e o inverno pode ser bem rigoroso.

Malta

Malta está a 80 quilômetros da Sicília, na Itália, à leste da Tunísia e ao norte da Líbia, ambos na África. Ficando nessa região possui um clima ensolarado e dizem que uma agitada vida noturna.

Vantagens

O custo com o curso de inglês é bastante baixo, assim como o custo de vida. O clima é bem similar ao Brasil, o que acaba sendo mais fácil de se adaptar. O inglês deles é levemente mais lento que outros países e com isso pode ser um pouco mais fácil de se aprender inicialmente.

Desvantagens

O inglês não é a primeira lingua da maioria da população. Por ser uma ilha bem pequena, arrumar trabalho é bem mais difícil e as escolas não possuem tantas coisas como em outros países.

Australia / Nova Zelândia

Países maravilhosos e com clima excelente, bem próximos do Brasil. Com pessoas muito amigáveis e um estilo de vida bastante aventureiro.

Vantagens

O clima é ótimo, as casas costumam ser mais novas e maiores que da Europa. Os cursos de inglês tem uma boa qualidade e o preço não é tão caro quanto EUA e Canadá.

Desvantagens

São muito distantes, então o gasto inicial (principalmente com passagem) é bem elevado. Outra coisa é que são distantes de tudo, dificultando viajar para outros lugares. O valor ainda é mais alto que países como Irlanda e Malta.

Irlanda

A famosa Ilha Esmeralda, cheia de belezas por todos os cantos e uma história super rica. Os irlandesas falam duas línguas que são o inglês e o gaélico, por isso todas as placas possuem as duas línguas. São conhecidos por terem um sotaque bem pesado (depende muito de onde) e serem bem educados (depende muito também xD).

Vantagens

Os cursos são bastante baratos e você ainda tem a possibilidade de trabalhar 20h por semana, o que ajuda bastante nos custos. A outra vantagem é que possui várias das melhores escolas da Europa. A burocracia não é das maiores, apesar de ter vários detalhes importantes para se ter em mente. E por ser na Europa e ter a Ryanair, é muito fácil viajar para todos os lugares! \o/

Desvantagens

O inglês em algumas partes da Irlanda tem um sotaque bastante carregado. Dublin é uma cidade tão cosmopolita que as vezes fica até difícil arrumar irlandeses de fato. Dublin é uma cidade bem pequena e antiga, então acaba que os aluguéis são caros e as casas não tão boas…

Cursos na Irlanda

Mesmo dentro do curso de inglês, existem alguns tipos de cursos, eles são:

General English (Inglês Geral)

O General English é o mais tradicional e procurado tipo de curso de inglês. Como o próprio nome diz, faz um grande apanhado sobre a língua inglesa, trabalhando desde conhecimentos gerais até conversação, gramática, linguagem informal como gírias, expressões idiomáticas, etc.

O curso “General English” é a melhor opção para quem precisa aprimorar a língua ou aprender a falar inglês. O principal motivo desse tipo de curso ser o mais procurado é que não há pré-requisitos. Cada escola tem a sua própria forma de divisão, mas, em geral, os níveis do “General English” são Beginner, Elementary, Pre-Intermediate, Intermediate, Upper-Intermediate e Advanced.

A duração mínima é 2 semanas e as aulas começam sempre às segundas-feiras.

Business English

Voltado para quem quer aprimorar o vocabulário em áreas relacionadas à negócios, como administração, vendas e marketing. É bastante focado em estimular o desenvolvimento do vocabulário dentro de um ambiente corporativo, argumentação, técnicas para apresentação e exposição de ideias.

Como o foco é o mercado de negócios, é fundamental que o aluno já consiga estabelecer uma conversação com razoável fluência. Por isso, o nível de inglês do estudante deve ser entre intermediário e avançado,

O curso de Business English tem duração a partir de 4 semanas, e, em média, dura de 8 a 12 semanas.

Preparação para Exames de proficiência

Preparação para IELTS e TOEFL

Para aqueles que querem estudar no exterior porque estão buscando uma certificação de proficiência em inglês, esse tipo de curso é um dos mais indicados. Tanto o IELTS quanto o TOEFL são dois dos principais exames de proficiência da língua inglesa para propósitos acadêmicos (ingresso em Universidades e Instituições técnicas) e propósitos de imigração. Na Irlanda, o IELTS é a certificação aceita pelas instituições de ensino do país.

Para participar de um curso preparatório para a prova de proficiência, é preciso ter um nível de inglês intermediário ou avançado, mas isso depende da escola e de sua própria política.

Em geral, o preparatório para o IELTS dura 10 semanas e começa em alguns dias específicos, dependendo sempre das regras das escolas.

Preparação para exames Cambridge

Curso preparatório para o exame de proficiência da língua inglesa oferecido pela University of Cambridge. Embora não tenha um foco tão acadêmico quanto o IELTS, as certificações emitidas pela Universidade de Cambridge são muito respeitadas na Irlanda e no Reino Unido, em especial, e em mundo todo. Os cursos preparatórios para os exames de Cambridge começam toda segunda-feira e tem duração mínima de quatro semanas.

Este curso é oferecido nos seguintes níveis:

Clima

Bom, depois de definida a escolha da Irlanda para estudar inglês, vamos falar sobre a primeira coisa que preocupa os brasileiros, o clima, não que seja uma coisa assim tão ruim.

O clima da Irlanda é influenciado, em sua maioria, pelo Oceano Atlântico. Dessa forma, não se registram temperaturas extremas que outros países com uma latitude semelhante têm. A temperatura média é cerca de 10°C. Embora o tempo possa mudar, ele raramente é extremo. É extremamente raro de nevar e acumular a mesma, o máximo que ocorre são alguns minutos de neve e elas derreterem ao tocar o chão.

Nos meses de verão, julho e agosto, existem cerca de 18 horas de luz solar e anoitece somente após as 11 horas da noite, o que é uma maravilha para se aproveitar o dia. Já nos meses de inverno, é normal o Sol nascer as 8h da manhã e já se pôr as 4h da tarde, então durante o inverno você tem a impressão que está sempre noite.

Minha dica aqui é NÃO COMPRE ROUPA NO BRASIL! O inverno aqui não é rigoroso como eu disse, mas também não é fraco, então as roupas daqui são mais bem preparadas para o clima, algo que no Brasil não se tem tanta preocupação. Então é melhor que você deixa para comprar tudo aqui, até porque vai sair bem mais barato também.

Cultura

O povo irlandês é um povo bem nacionalista e eles gostam muito disso. Em todo canto você verá a cor verde, que é um símbolo gigante da Irlanda. Vai ouvir muita música folk tradicional e em quase todo bar que você for, vai ver a famosa pint de Guinness, que é a cerveja mais consumida da Irlanda.

Bandeira

A bandeira foi apresentada pela primeira vez por Thomas Francis Meagher, em 1848, com base na bandeira tricolor francesa. No entanto, só depois do Levante da Páscoa de 1916, quando foi hasteada acima do Correio Central de Dublin, a bandeira tricolor passou a ser considerada a bandeira nacional. A bandeira foi adotada em 1919 pela República Irlandesa durante sua guerra de independência e, depois, pelo Estado Livre Irlandês. Recebeu status constitucional pela Constituição de 1937, que estabeleceu a República da Irlanda.

21st day! Irish Flags everywhere! #ireland🍀

Uma foto publicada por Willian Justen de Vasconcellos (@will_justen) em

A seção verde da bandeira simboliza a antiga maioria da tradição gaélica da Irlanda, composta principalmente por católicos romanos. O laranja representa a minoria predominantemente protestante. O branco no centro significa uma trégua duradoura entre as duas culturas, vivendo juntas em paz.

Geografia

A maioria dos irlandeses vê a si mesmos e aos outros em termos de que parte da Irlanda vêm. A Irlanda é dividida em 32 condados. Isso fica mais evidente durante as partidas entre condados da GAA (Associação Atlética Gaélica), quando os fãs se vestem com as cores específicas de seu condado. A República da Irlanda é formada por 26 condados e a Irlanda do Norte por seis. É também tradicionalmente dividida nas quatro províncias de Connaught, Leinster, Munster e Ulster. O Ulster contém 9 condados, 6 dos quais estão na Irlanda do Norte e 3 na República da Irlanda.

Mapa da Irlanda

Cumprimentar pessoas

Os irlandeses têm a reputação de serem muito amigáveis. Geralmente, as pessoas apertam as mãos quando se conhecem pela primeira vez. Amigos se abraçam ou simplesmente dizem oi. Às vezes, as pessoas se beijam no rosto, se se conhecerem bem. As pessoas se olham nos olhos porque isso é sinal de confiança e de que estão interessadas no que está sendo dito.

Cumprimento de horário

Às vezes pode parecer que o cumprimento de horário não é muito importante na Irlanda. Geralmente quando alguém marca de se encontrar com você às 8 da noite, normalmente quer dizer 8:15 ou depois. Os irlandeses, em geral, são muito tranquilos com o horário.

Boas maneiras

As pessoas normalmente dizem “por favor” e “obrigado”. A maioria das pessoas, por exemplo, agradece ao motorista ao descer do ônibus. As pessoas também costumam fazer fila e esperar a vez, por exemplo, em uma loja.

Processo na Irlanda

Bom, como eu escolhi a Irlanda, irei falar sobre o processo daqui. E de acordo com o que você quiser, existirão diferentes tipos de vistos.

Quais tipos de visto existem?

Stamp 0 – Estada temporária ou Permissão limitada (90 dias)

Esse é o tipo de visto mais comum e é concedido a pessoas que entram na Ilha sem o objetivo de receber benefício do Estado e que cumpram requisitos, sendo um deles o de estar coberto por um seguro de saúde particular. O imigrante que desejar entrar na Irlanda com o Stamp 0 deverá ter os próprios meios de subsídio ou alguém que o faça.

Stamp 1 – Visto de trabalho

O Stamp 1 é o almejado Visto de Trabalho. Neste caso, o cidadão que desembarca por aqui precisará de uma proposta de trabalho de uma empresa estabelecida na Irlanda para aplicar para este visto. Enquanto o empregador não tiver recebido a permissão para contratá-lo, o imigrante que possui esse tipo de visto não poderá trabalhar em outros cargos nem se envolver em nenhum negócio ou profissão sem autorização prévia concedida pelo Ministério da Justiça e da Igualdade. O cidadão deverá também respeitar a data de expiração do visto.

Stamp 1A – Visto de estágio

Visto que concede a permissão de estagiar em solo irlandês 40h semanais junto a uma equipe qualificada. O visto só é válido até a data de conclusão do estágio.

Stamp 2 – Visto de estudante com permissão de trabalho

É o visto com o qual a maioria dos brasileiros, permanece na Ilha Esmeralda. O Stamp 2 é concedido sob a condição de o imigrante entrar no país com o objetivo de frequentar aulas regulares, podendo trabalhar até 20h durante o período de aulas e até 40h em meses específicos (entre os meses de maio e agosto; e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro). O prazo de expiração do visto, que tem um total de 8 meses, também deve ser respeitado e o imigrante com esse tipo de permissão não poderá recorrer a nenhum tipo de serviços oferecido pelo governo, tais como saúde, seguro desemprego, etc. Para se enquadrar nesta categoria de visto é necessário se matricular em um curso com duração mínima de 25 semanas.

Stamp 3 – Permanência sem permissão de trabalho

O Stamp 3 concede a permissão de permanência, porém sem a possibilidade de abrir um negócio ou atuar no mercado de trabalho, até a data especificada pelo oficial de imigração. O imigrante deverá respeitar a data de expiração do visto e não poderá permanecer após a mesma.

Stamp 4 – Permanência

Esse visto garante a permanência em solo irlandês até uma data especificada, que pode ser sempre aumentada caso desejado.

Como tirar o visto de estudante?

Você faz tudo na Irlanda, isso mesmo, o processo é feito na Irlanda! Mas não pense que é essa molezinha também, você precisa das seguintes coisas:

Em posse disso, seu primeiro contato será na imigração assim que pousar na Irlanda, você irá conversar com algum carinha super simpático da imigração e ele vai perguntar por todas essas coisas e verificar. Se todos os papéis estiverem corretos, ele irá carimbar o seu passaporte com um visto inicial de 3 meses (sim, 3 meses!).

Você recebe um visto de 3 meses inicial, pois depois você é obrigado a tirar o seu GNIB (uma espécie de CPF aqui na Irlanda). Você irá pagar 300 euros para retirar esse documento e com ele, seu visto será extendido para os 8 meses. Lembrando que para tirar esse tal de GNIB agora você precisa agendar no site da imigração e parece que cada vez mais as datas são bem distantes, então você precisa se cuidar para ver isso as vezes até antes de chegar na Irlanda.

Escolas

É muiiito importante que você escolha uma boa escola, por N razões. Uma das principais é, você já está gastando um dinheiro alto com as coisas, não vá pegar algo que você vá se arrepender depois. Vejo muita gente vindo para cá de qualquer maneira e pegando as piores escolas de todas, isso é péssimo, porque a pessoa acaba não aprendendo nada e o dinheiro só vai indo embora.

Outro motivo importante para se escolher uma escola boa é que o governo irlandês tem sido bastante rigoroso com as escolas e se elas não se adequam ao nível mínimo requirido, o governo vai lá e fecha.

Então não vai dar mole hein, pegue uma boa escola, por mais que tenha preços “tentadores” de outras escolas “mais simples”.

Aqui vai uma lista de escolas consideradas muito boas e das quais conheço pessoas que estudam e de fato são muito boas (em ordem alfabética):

Lembrando que estou focando mais em detalhes de Dublin, visto que moro em Dublin, mas existem também escolas em Galway e Cork que são muito boas, mas como não tenho contato com essa parte, vou deixar mais sobre Dublin mesmo.

Moradia

Se você pensava que depois de arrumar a escola e chegar na Irlanda estava tudo tranquilo. É aí que você se enganou! Chegou o maior terror e uma das coisas mais chatas, frustrantes, irritantes e que pode acabar com todo um sonho em uma semana. Você pode pensar que estou exagerando, mas não estou não, quisera eu estar…

Dublin é uma cidade extremamente cosmopolita, com gente do mundo todo tentando a vida aqui, inclusive europeus, pois aqui é o segundo maior salário mínimo da Europa. Com isso, a oferta de casas é pouca para a tamanha quantidade de pessoas. Sabe o que isso significa? Isso mesmo, aluguéis nas alturas e lugares horríveis… Morar sozinho é algo que pode lhe custar muitos e muitos euros e as vezes é bastante chato morar sozinho. Então muita gente decidi dividir, só que o que acontece é que tem pessoas que ficam longe da casa dos pais e adquirem uma mania de serem porcos ao extremo…

Aqui para você conseguir um lugar para morar, você já precisa passar numa entrevista tal qual fosse para arrumar um emprego. Irão perguntar milhares de coisas sobre você, pois no mesmo dia irão entrevistas outras N pessoas. E as vezes essa vaga será para dividir quarto com mais 5 cabeças, tendo só um banheiro na casa toda.

Portanto, tomem muiiiito cuidado se virem para cá, analisem bastante e não saiam pegando o primeiro lugar que acharem, pois pode ser uma roubada tamanha. Sobre os valores, isso pode variar absurdamente, mas a base é +ou-:

Ahhh mas minha amiga paga só 200 euros e mora numa mansão! Me passa o contato dessa daí, porque ela é bem sinistra, quero aprender a mentir igual =)

Existem alguns sites/grupos de facebook que você pode ir procurando lugares. Lembrando que pelos sites, em geral, você vai precisar de um inglês melhor, pois terá de tratar diretamente com o Landlord. Brasileiros acabam sempre usando os grupos e o famoso boca-a-boca também.

Se você tiver optado por estudar em Cork ou Galway, talvez seja um pouco mais fácil de conseguir uma moradia, visto que são cidades menores e não tão cosmopolitas como Dublin.

Custo de Vida

Uma outra coisa muito importante para se saber quando se está indo para outro país é ver o quanto custa para se viver nele. E isso não é saber se a cotação é 3 para 1 ou 4 para 1. É saber o quanto você pode comprar com 10 euros, por exemplo. A primeira dica que dou em relação a questão de gastos é NÃO CONVERTA PARA O REAL! Vamos lá galera, se você converter, não vai acabar comprando nada e consequentemente nem vai viver.

É importante lembrar que o salário mínimo daqui é de € 9,15/h e com esse dinheiro, por exemplo você consegue comprar:

Ou seja, em apenas 1h de trabalho, você já consegue comprar bastante coisa, que talvez no Brasil você precisasse de algumas horas a mais. Lembrando que o salário de € 9,15/h é o mínimo e dependendo da área que você trabalhe, isso pode ser muito maior.

A Irlanda possui muitos mercados extremamente baratos, o que facilita demais a vida de quem não tem muito dinheiro. Alguns dos mercados são:

E não é só comida que é barata aqui não, existem lojas que vendem roupas bem baratas, além de outros acessórios e bugigangas.

Gasto Inicial para vir

Uma coisa que também deixa bastante gente curiosa é: Quanto eu vou gastar para ir? Vou aqui colocar algumas coisas importantes para você ter em mente, os preços são estimados e obviamente variam de pessoa para pessoa. Se você tiver um estilo de vida mais barato, pode acabar gastando menos. Então vamos aqui a listinha:

Esses acima são os que você já vai gastar antes mesmo de embarcar para a Irlanda. Depois disso, você ainda vai ter alguns gastos de primeiro mês que são bem importantes de serem lembrados:

Beleza da Ilha Esmeralda

A Irlanda é conhecida como Ilha Esmeralda pois é cercada de verde por todos os lados. É um país incrível e para mim, um dos mais bonitos que já visitei pela Europa. Muitas pessoas vem para Irlanda e acabam ficando só por Dublin, as vezes dão uma passada no ponto turístico mais famoso que é o Cliffs of Moher, mas para mim, a beleza maior está no interior e principalmente na parte sul da Irlanda!

More than 800km on the road and I finally achieved my dream! #ireland #dingle #ringofkerry #nofilter

Uma foto publicada por Willian Justen de Vasconcellos (@will_justen) em

Aqui na Irlanda é bem fácil de se locomover, você pode usar trem para trechos próximos de Dublin ou carro/ônibus para outros pontos mais distantes. O país é bem pequeno, então com 5-6h você atravessa de uma ponta para a outra.

Além da beleza natural, nós temos também vários artistas pela cidade, tocando, dançando, enfim, fazendo qualquer coisa para chamar a sua atenção.

39th day! There's always an artist in each corner of Ireland! #ireland #dance #art

Um vídeo publicado por Willian Justen de Vasconcellos (@will_justen) em

Se você quiser, tenho várias fotos/vídeos da Irlanda no meu Instagram, boa parte das fotos são tiradas do celular e sem filtro, então é a beleza da Irlanda mesmo.

Viajar da Irlanda

E além da Irlanda ser bela, uma grande vantagem dessa ilha maravilhosa é que ela fica na Europa, ou seja, pertinho de outros países maravilhosos! E o mais legal é que existe uma companhia low-cost irlandesa que é conhecida na Europa inteira, que é a Ryanair. Com ela, você consegue ir para outros países pagando muito barato, passagens que ficam na faixa de 30-100 euros! Dependendo de quando você compra, você pode ir para Londres por apenas 30 euros, resumindo, se você é apaixonado por viagens, a Irlanda se torna ainda mais incrível. Minha dica é estar sempre com alarmes no Skyscanner, para viajar baratinho =p

Curiosidades da Irlanda

Conclusão

Bom galera, estas aí são algumas das coisas mais importantes se você tem em mente fazer um curso de línguas e/ou morar na Irlanda. O gasto inicial pode parecer alto, mas o retorno eu garanto que é muito mais valioso, seja pela quantidade de cultura que você ganha, seja pelo conhecimento que você adquire.

Morar em um outro país é uma experiência de vida que muda muito a gente em diferentes formas e essa mudança é muito importante para nos conhecermos e entendermos como o mundo funciona fora da sua zona de controle.

Espero que tenham gostado do post e se quiserem compartilhar outras coisas sobre morar fora e até mesmo na Irlanda, é só deixar um comentário =)