Introdução

Fala pessoal, como faço todos os anos desde quando comecei meu blog, lá vai o meu sobre meu ano de 2017! =D Se você quiser dar uma lida, tem o Meu Ano de 2015 e aqui o Meu Ano de 2016. É legal para fazer uma comparação e a evolução dos meus anos, eu sempre me surpreendo a cada ano. E tenho ficado muito feliz que a cada ano eu tenho mais novas conquistas para compartilhar. E o mais legal, eu sinto que muitas dessas conquistas eu só alcancei graças ao apoio de todos vocês!

O post dessa vez será bem misto, pois esse ano eu também me dediquei a outras coisas fora da área de programação. Então aproveita que talvez tenha algo que você se interesse. Vai ter bastante coisa de viagem e fotografia =p

Enquanto eu vou escrevendo esse post (ao menos uma parte dele, porque estou correndo contra o tempo aqui), eu vou ouvindo uma banda chamada Nothing More, eles são uma mistura de vários gêneros do Rock e tem várias músicas extremamente diferentes umas das outras, então caso você não goste de uma música, tente outra, a chance de ser totalmente diferente e você gostar é bem grande.

Bom, vamos parar de enrolação e começar a falar e, claro, a primeira coisa que irei falar é do resultado do blog, como sempre faço.

Meu blog

Esse ano eu não lancei nenhuma tema novo como fiz em 2016, só fiz pequenas modificações que dificilmente alguém percebeu, pois foi mais fundo com o objetivo de melhorar o SEO e facilitar algumas buscas, o que funcionou muito bem e alguns posts cresceram bem nas buscas orgânicas, que foi o mais forte do ano, visto que eu escrevi menos.

Esse ano eu escrevi 19 posts, e a taxa de acessos foi um pouco maior que no ano passado, sempre mostrando que o blog tem um crescimento constante todos os anos! Como pode ver no gráfico do Analytics abaixo, tiveram alguns momentos de picos, que são exatamente quando eu lançava algum conteúdo novo e os outros altos e baixos são porque a galera não gosta de acessar meu blog aos Sábados e Domingos xD

Gráfico do Analytics de 2017

Eu tive até o momento 387.685 pageviews e 149.615 usuários, o que eu considero um valor super maneiro para um blog pessoal de programação. E as páginas mais acessadas foram:

Bom, é isso, na parte do blog eu to muito feliz que continuei tendo posts com bastante acesso, muitos shares e várias discussões interessantes. O objetivo do ano que vem é escrever bem mais posts, tanto na parte não técnica, como posts sobre pequenas coisinhas para se fazer no dia-a-dia, como experimentos css e etc.

Cursos

Em Março de 2016 eu tinha lançado meu primeiro curso de todos e usava uma plataforma chamada Teachable, que era uma plataforma muito legal, mas possuía alguns defeitos bem chatinhos que os alunos sempre reclamavam. Então, eu fui atrás de alguma plataforma que pudesse melhorar a experiência deles e não podia dar mais certo que a escolha da Udemy. Lá eu consegui agradar os alunos existentes, mas também consegui expandir meus cursos para pessoas que sequer me conheciam, o que foi incrível! Outra coisa interessante da plataforma da Udemy é que ela costuma utilizar preços mais baixos, com o objetivo de espalhar o conhecimento para pessoas que não tem condições de pagar muito caro pelos cursos. E pensando nisso, eu criei durante o ano várias promoções para que os cursos ficassem mais acessíveis para todo mundo e isso foi um sucesso!

Lembro de uma brincadeira que eu fiz, que foi chamada Caçada do Justen, o nome genial foi pelo Gabriel Gripp, que ainda deu umas dicas para deixar o joguinho mais demorado e divertido. Só que não deu tãaaao certo, a galera terminou o jogo absurdamente rápido! Mas foi muito muito muito divertido, tenho certeza que vou fazer isso de novo!

Sobre números, eu hoje tenho um total de 29 mil alunos! Isso é muito surpreendente para mim e dois cursos meus (que são pagos) entraram na lista de best-sellers, o que é ainda um orgulho maior. Pois significa que a galera comprou e avaliou como bons os meus cursos! São milhares de notas 5 estrelas e cada comentário carinhoso me deixa mais feliz Os comentários haters eu só ignoro.

E através dos feedbacks desse ano, já tenho alguns objetivos para o ano que vem. Que será a criação de vários cursos menores, indo desde coisas avançadas até coisas básicas e sempre tentando deixar num preço baixo, assim mais acessível para todo mundo. E claro, vai ter curso gratuito também! Porque sempre temos que agradecer aqueles que nos apoiam! =)

Trabalho, Viagens e Fotografia

Diferente do ano de 2016, que eu terminei palestrando em um monte de eventos e tendo feito vários projetos. Esse ano eu acabei me dedicando mais ao meu novo trabalho, que é a Toptal e até escrevi um post sobre meu processo para a Toptal. E junto a Toptal, eu também viajei absurdamente, acho que nunca viajei tanto como esse ano! Foram muitas cidades e países que eu realmente perdi a conta!

No ano passado eu estava morando na Irlanda e tinha feito uma lista dos países que havia visitado, só clicar no link ali que você vai ver, mas basicamente foram 6 países, incluindo a Irlanda praticamente toda. Esse ano eu já estava decidido que iria no meu país mais amado e favorito da vida, que é a Islândia (Iceland) e organizei tudo para ir para lá e ficar um tempo para que pudesse aproveitar. E como eu ia para lá, também fiz a melhor aquisição do ano para mim, eu comprei um Drone DJI Mavic Pro para tirar fotos daquele paraíso e obviamente dos outros lugares também. Mais abaixo eu vou colocando algumas fotinhas.

De Janeiro até início Março eu fiquei na Irlanda, viajando dentro do país e fazendo algumas viagens menores para o Reino Unido, para visitar lugares como Liverpool, Londres e cidades menores.

E na minha última semana na Irlanda eu me despedi dos meus amigos e fui para um lugar chamado Wicklow, que é super bonito na Irlanda e eu aconselho para quem está passando por lá. Abaixo segue um vídeo porquinho de lá:

Após esse passeio eu fui para Amsterdam, onde fiquei uns 4 dias para pegar meu vôo para Iceland. Pensa na ansiedade da pessoa! E para me acalmar, eu comecei a testar o drone e a foto abaixo é uma das minhas primeiras fotos com o drone, e foi quando eu comecei a me apaixonar, pois era uma visão completamente diferente de um lugar bem conhecido.

#amsterdam #iamsterdam #drone #mavicpro #nofilter #trip

Uma publicação compartilhada por Willian Justen de Vasconcellos (@will_justen) em

Chegada em Iceland

Eu não tenho palavras para aquele país maravilhoso, alguns dias antes de ir, teve uma das maiores tempestades de neve e então, a minha visão ao chegar no país, foi a seguinte:

Vista de Iceland através da Janela do avião, o país todo branco de neve

Como eu estava lá no inverno, os dias eram muito curtos e as noite muito demoradas. Então, o meu esquema de trabalho era o seguinte, eu acordava super cedo para aproveitar o máximo que dava e a noite eu trabalhava. Durante o dia eu sempre fazia a daily do time sem problemas. Na Europa a gente sempre tem 4G funcionando em tudo que é buraco. Eu tinha comprado um chip da Nova (operadora de Iceland) e usei ele a viagem inteira. Hoje, em dia, não é mais necessário se você tiver um chip europeu, pois o chip funciona em toda a Europa, mas na época não era assim.

Eu fiquei em Iceland por 2 semanas e meia (gostaria de ficar mais), só que estava sem carro e com isso, eu acabei ficando um pouco limitado depois de um tempo no deslocamento. Mas mesmo assim, eu consegui ir para lugares maravilhosos, que tenho saudades enormes até hoje. Abaixo ficam algumas fotos dos lugares e se você quiser, todas as fotos estão disponíveis para download free, na minha conta no Unsplash e tem algumas outras lá no meu Instagram também.

Cachoeira Skógafoss

Cachoeira Skógafoss, para quem viu Vikings nessa última temporada, vai reconhecer. Além de vários outros filmes é claro. Download em alta qualidade.

Glacier em Höfn

Sou apaixonado pelo filme Interstellar e poder ver essa paisagem na minha frente foi uma das melhores sensações do mundo! Download em alta qualidade.

Jokulrsalron

Esse dia nevava demais! Eu hesitei várias vezes em subir meu drone, mas no final eu não aguentei e valeu a pena! Download em alta qualidade.

E claro, eu não iria embora de Iceland sem ver uma Aurora Boreal e eu não vi um dia só, eu vi três dias! <3 Abaixo segue uma das fotos =)

One of my best weekends and travels so far... #iceland #aurora #northernlights #sky #nature #trip

Uma publicação compartilhada por Willian Justen de Vasconcellos (@will_justen) em

Outros países depois de Iceland

Após Iceland, eu ainda tinha 2 meses para voltar ao Brasil, então resolvi continuar passeando pelos cantos da Europa. Eu fui em Berlin, Varsóvia, Cracóvia, Vienna, Bratislava, Praga, infelizmente odiei essa cidade e tive um pequeno burnout atrelado a muito tempo viajando e só vendo cidades e sem tanta natureza. E para me salvar disso, resolvi procurar lugares na Europa com muita montanha e floresta (sou de uma cidade nas montanhas, então me sinto melhor assim), com isso descobri uma região da Austria super linda e resolvi ir para lá! Abaixo seguem umas fotos das cidades que fui no meio do caminho.

Memorial aos Judeus em Berlin

Uma visão diferente do Memorial aos Judes de Berlin. Download em alta qualidade.

Estádio de Futebol na Varsóvia

Um estádio de Futebol na Varsóvia Download em alta qualidade.

Uma ponte no Rio Danúbio em Vienna

Uma ponte no Rio Danúbio em Vienna, estava ventando tanto que o drone não conseguia voltar, eu tive que ir andando para frente até um lugar que alcançasse o drone. Download em alta qualidade.

Uma descoberta muito feliz, Austria!

Eu já sabia que a Austria era muito bonita, mas não sabia que ela seria tanto! Definitivamente foi um dos lugares que mais amei dessa minha viagem. Eu fiquei baseado numa cidadezinha chamada Bad Aussee, que era super pequena, mas tinha a melhor host do mundo! A vantagem dessa cidade é que ela super bem ligada ao sistema de trens e com isso eu conseguia ir para todas as cidades de trem e até mesmo andando (eu sou meio maluco). Abaixo vai um vídeo das minhas pequenas aventuras lá na Austria.

E claro, lá eu tirei várias fotos que são minhas favoritas, como, por exemplo essa foto da floresta em Schladming.

Floresta de Schladming

Como dá para notar, lá foi onde eu peguei tanta neve quanto em Iceland, mas a vegetação era bem diferente, então foi bem legal. Download em alta qualidade.

Casa do 007 Spectre

Eu também fui numa casa que aparece no filme do 007 Spectre, foi difícil para caramba de achar, ainda mais pela quantidade de neve que tinha no caminho, mas valeu super a pena! Download em alta qualidade.

Enfim, tem muitas fotos de lá, é melhor ir no Unsplash ou Instagram.

Volta para casa, descanso e BrazilJS

Depois de todas essas viagens, eu voltei para o Brasil em Maio e tirei um tempo para poder descansar, aproveitar um tempo com minha mãe e namorada. E para não dizer que não fiz nada da área nesse meio tempo, eu fui na BrazilJS as pressas, porque eu não tinha planejado ir, mas com alguns alunos falando tanto, eu acabei indo xD

Lá na BrazilJS como sempre eu conheci muita gente e foi muito legal, eu não vou listar todo mundo, pois posso esquecer alguém e ficariam bolados. Mas foi muito divertido, pois ainda teve jantar e almoço da Toptal, onde a galera conheceu um pouquinho mais da empresa e ainda bebeu/comer 0800 =p

Volta a Europa e encontro do Time Toptal

Final de Outubro eu voltei para a Europa, mais especificamente a Espanha. Dessa vez para encontrar a galera do meu time da Toptal! É tão estranho, pois todos já estávamos trabalhando há praticamente 1 ano juntos, mas ninguém se conhecia praticamente. Nos encontramos numa cidade chamada Niebla bem ao Sul da Espanha, cerca de 1h de Sevilla. E foi muito incrível conhecer a galera, além de ver claramente a diferença das culturas. Nesse encontro foi o meu time atual e também algumas pessoas do time antigo e do time que foi criado com a divisão do time maior. Então éramos cerca de 25 pessoas. Tinha brasileiros, russos, ucranianos, espanhol, americano, etc.

E para aproveitar que estávamos todos juntos, fizemos um hackaton interno para limpar algumas tarefas pequenas de um board específico. Eu diria que foi genial a ideia. Mas nem só de trabalho a gente viveu. Nós visitamos um castelo que tava tendo uma feira medieval. Fomos para Sevilla 2 dias e visitamos praticamente todos os pontos turísticos de lá. Fomos também para uma cidade chamada Huelva, onde tivemos um jantar incrível.

Enfim, foi uma experiência incrível poder ver as pessoas com quem trabalho e ver como a gente se dá tão bem tanto online como offline. É normal a gente se sentir meio solitário trabalhando remoto, mas esse encontro foi uma injeção de ânimo incrível!

Peregrinando na Espanha

Depois do encontro, eu resolvi que iria ficar mais 40 dias na Espanha e iria viajar de Sul a Norte. Eu fui para muitas cidades, todas elas sempre usando BlaBlaCar, que é um sistema para compartilhar caronas. Nas estadias eu fiquei em Airbnb, Hostel e até fiz amizade com uma das hosts do Airbnb e descolei uns dias grátis =p

Vista do Metropol Parasol por cima

Eu primeiro voltei a Sevilla por um dia, só porque eu queria voar de drone sobre o Metropol Parasol. Download em alta qualidade.

Puente Nuevo em Ronda

Essa foi uma das primeiras cidades que fui no Sul, ela se chama Ronda e vai estrelar na nova novela das 7 da Globo! Brincadeiras a parte, esse lugar é a Puente Nuevo e é enorme e linda Download em alta qualidade.

Vista do Castilo de Gibralfaro em Málaga

Essa é a vista do Castillo de Gibralfaro em Málaga, fiquei lá esperando o pôr-do-sol durante quase 2h e valeu muito a pena! Download em alta qualidade.

Eu fui para mais de 10 cidades grandes e outras várias pequenas na Espanha e ainda estou postando as fotos, então se tiver curioso, só seguir lá no Instagram/Unsplash.

Conclusão

É isso aí pessoal, meu ano foi muito cheio, dessa vez mais pelas viagens e aventuras que tive. Como deu para perceber, comecei a me aventurar em fotografia também e tenho aprendido e me divertido bastante com isso, espero ano que vem melhorar ainda mais nesse ponto.

E quanto a parte que vocês já conhecem, a ideia é escrever mais posts, criar mais cursos e voltar a ativa com palestras e eventos!